fbpx
Thursday, August 6, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Quatro anos de conflito sírio levam país a uma das piores posições no Índice de Desenvolvimento Humano

Quatro anos de conflito armado, desintegração econômica e fragmentação social na Síria já eliminou 15% de sua população, forçou cerca…

By Redação , in Mundo ONU The São Paulo Times , at 14/03/2015

Foto: PMA/Dina Elkassaby
Foto: PMA/Dina Elkassaby

Quatro anos de conflito armado, desintegração econômica e fragmentação social na Síria já eliminou 15% de sua população, forçou cerca de 10 milhões de pessoas a fugirem de suas casas e diminuiu sua expectativa de vida em duas décadas – de 76 anos para 56 – segundo a publicação “Síria: Alienação e Violência, Relatório de Impacto da Crise na Síria”, divulgada nesta terça-feira (10) pelas Nações Unidas.

“Enquanto esmaga as aspirações do povo sírio e sua capacidade de construir e formar instituições que possam restaurar a segurança humana e dignidade e os direitos, o conflito armado empobreceu a capital e esgotou a riqueza do país”, descreveu o relatório produzido pelo Centro Sírio de Pesquisa Política, com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA).

A Síria tornou-se um país de população pobre, com estimativa de 4 em cada 5 sírios vivendo neste momento na pobreza e com 30% da população na extrema pobreza. O relatório também aborda a situação crítica dos refugiados palestinos vivendo na Síria, com cerca de 460 mil pessoas dependendo exclusivamente da ajuda humanitária da UNRWA para sobreviver.

“Calculando em termos de capacidade de desenvolvimento humano e escolhas, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da Síria foi reduzido em 32,6% desde 2010, caindo para a posição 173 num ranking de 187 países”, de acordo com o documento.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *