fbpx
Friday, August 14, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Que tal uma impressora de metal 3-D por um custo baixo e que você pode fazer em “casa”?

Até agora, a impressão 3-D tem sido utilizado pelo público em geral, principalmente para a impressão de plástico. Isso pode…

By Redação , in Negócios Tecnologia e Ciência , at 11/12/2013

Até agora, a impressão 3-D tem sido utilizado pelo público em geral, principalmente para a impressão de plástico. Isso pode mudar depois que Joshua Pearce, da Universidade de Tecnologia de Michigan (EUA) e sua equipe anunciaram o desenvolvimento de uma impressora de metal 3 -D, que também é extremamente barato.

A melhor parte é que é open source, ou seja, os planos detalhados, software e firmware estão todos disponíveis gratuitamente para qualquer um fazer a sua própria impressora 3-D. O produto é simples, porque a tecnologia está crua, e pode ser construído a partir de peças que custam tão pouco quanto R$3 mil.

Embora Pearce admita que a nova impressora é um trabalho que ainda está em andamento, ele espera que os usuários ajudem a refinar o produto . “Prevejo um rápido progresso que a comunidade fabricante fica em suas mãos. Estou confiante de que alguém vai tornar melhores impressoras 3-D do que fiz, dentro de um mês”, diz o professor associado de ciência de materiais e engenharia elétrica e informática.

Pearce e sua equipe construíram sua impressão de metal 3 -D a partir de apenas um pequeno soldador MIG comercial e um microcontrolador de código aberto em conjunto, no valor de menos de R$ 3 mil, sendo que as impressoras de metal comerciais disponíveis atualmente têm um custo maior de meio milhão de dólares. O mais interessante é que esta impressora pode formar objetos geométricos complexos com camadas finas de aço.

O projeto desta impressora é muito menos dispendioso e bastante acessível em comparação com as impressoras 3-D de plástico comercial. Ao mesmo tempo, os pesquisadores sugerem que não é tão simples como, por exemplo, montar uma mesa da marca Ikea.

Na verdade, provavelmente é ainda mais complexa do que uma impressora 3-D típica de plástico, exigindo mais equipamentos de proteção contra incêndio e equipamentos de segurança. Tanto que Pearce recomenda que, para já, a construção deve ser deixada para uma, garagem ou galpão qualificado.

Apesar de novas perspectivas se abrindo com a impressão de metal 3 -D, existem áreas de preocupação. Tem sido amplamente relatado o uso da impressão 3-D para a produção de armamento não rastreável, de acordo com a forbes.com, uma arma de R$ 50,00 pode ser feita com uma impressora 3-D barata.

No entanto, Pearce acredita que os benefícios superam os perigos com a impressão 3-D e comparando abordagem de código aberto a uma, ele ressalta: “replicadores podem criar uma vasta gama de objetos sob demanda, resultando em riqueza para todos em um custo muito pequeno. Muito em breve, vamos ser capazes de fazer quase qualquer coisa”.

A questão da sustentabilidade

Pearce e seu grupo em seus trabalhos anteriores haviam demonstrado que a impressão de mercadorias em casa pode ser mais verde, em comparação com a compra de bens comerciais, além de ser mais barato. Enquanto isso é benéfico para um americano médio, seria muito mais benéfico para as pessoas no terceiro mundo que têm acesso a bens manufaturados limitados.

Os pesquisadores também se beneficiariam com custos reduzidos radicalmente de equipamentos científicos, segundo Pearce: “Pequenas e médias empresas seriam capazes de construir peças e equipamentos de forma rápida e fácil, utilizando projetos para download, gratuito e de código aberto, o que pode revolucionar a economia para o benefício de muitos”.

(c) 2013, IBTimes.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *