fbpx
Monday, September 21, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Racismo, a maior expressão da ignorância do ser humano

O racismo é uma manifestação de preconceito, também conhecido como juízo pré-concebido, que se manifesta em atitudes discriminatórias perante pessoas,…

By Redação , in Brasil Opinião The São Paulo Times , at 07/09/2014 Tags:

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O racismo é uma manifestação de preconceito, também conhecido como juízo pré-concebido, que se manifesta em atitudes discriminatórias perante pessoas, crenças, sentimentos e tendências de comportamento. É uma ideia formada antecipadamente por pessoas que não possuem preparo emocional e se acham superiores.

Embora muita coisa tenha mudado, ainda vemos diariamente
manifestações de preconceito que muitas vezes começam na infância com o famoso Bullying, sofrido e praticado por crianças.

“Existem três tipos de racismo: Racismo Direto, manifestado publicamente, verbalmente ou diretamente ao individuo; Racismo Indireto, manifestado de maneira “sutil”, sem manifestação verbal, mas sim corporal. Um dos maiores exemplos que podemos citar, é o caso de negros que são abordados por policiais ou pessoas que possuem um estilo diferente daquilo que a sociedade julga correto e por último o Racismo Oculto, não manifestado verbalmente ou corporalmente, pois quem o sente não mantém nenhum tipo de vínculo com o individuo.”, explica Alexandre Bez, Psicólogo Especialista em Relacionamentos e Ansiedade.

Muitos racistas costumam associar inconscientemente o racismo a questões sociais, de ordem econômica, o que se constitui em um sério equívoco, pois qualquer pessoa, independente da raça, sexo ou credo tem condições de crescer financeiramente, mesmo que no momento estejam em escalas menores. A sociedade precisa entender que não é o tom de pele que determina o caráter. A cor não determina nada. Existem milhões de exemplos de negros que se deram muito bem na vida, tornando-se um exemplo a ser seguido, na política, futebol, artes, música, entre tantos outros campos. Já outros associam o racismo a questões inconscientemente emocionais.

Seja qual for à situação, nada justifica atitudes racistas. A mistura de povos é maravilhosa, une culturas, costumes e nações.

Esse recente caso que acompanhamos da torcedora do Grêmio é um exemplo interessante a se analisar, pois a moça em questão tinha amigos negros e muitos disseram que ela era educada e amável com eles. Será o caso de um racismo inconsciente? Ou uma imaturidade momentânea, que motivada pelo embalo coletivo também ofendeu o goleiro?

Não importa qual seja a justificativa: O racismo é algo que deve ser eliminado do mundo. Esse caso deve servir de exemplo para que outros tipos de ofensas não aconteçam mais, afinal todos nós somos iguais.

Se você já sofreu de racismo:

1) Jamais sinta-se menosprezado ou com vergonha de quem você é, pelo contrário sinta orgulho.

2) Nunca desista de seus sonhos, o direito a ter suas conquistas são para todos.

3) Sempre lute pelos seus ideais.

4) Interfira produtivamente em sua comunidade, isso mostra seu valor e sua capacidade.

5) Nunca tenha medo do que você pode fazer e sim daquilo que você não pode fazer ou não consegue fazer.

6) Ter outro tom de pele não significa ser inferior ou menos qualificado, isso é apenas uma característica.

7 ) Mesmo que algumas pessoas incitem a violência contra uma raça específica, em hipótese alguma siga essa conduta.

8) Jamais sinta-se humilhado. Denuncie!

Por Alexandre Bez

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *