fbpx
Sunday, August 9, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Saiba como deixar a pele lisinha até o verão

As estrias causam muito incomodo e abalam com a autoestima de qualquer mulher. E com a proximidade do verão, a…

By Redação , in Saúde & Bem-estar , at 14/11/2014

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

As estrias causam muito incomodo e abalam com a autoestima de qualquer mulher. E com a proximidade do verão, a busca por tratamentos que eliminam esse probleminha estético costuma aumentar. Afinal, ninguém se sente a vontade em exibir em esses riscos, semelhantes a cicatrizes, em biquínis na praia, não é mesmo?

O estiramento da pele em um período muito curto é responsável pelo rompimento das fibras elásticas e de colágeno, agravando no aparecimento de estrias. “A predisposição genética eleva as chances do aparecimento de estrias na pele. De modo geral, elas aparecem até a faixa dos 30 anos porque as fibras elásticas da cútis ainda apresentam rigidez”, descreve a fisioterapeuta Mariana Moraes (Crefito: 145646 F), do Zahra Spa & Estética.

Uma maneira de colocar um fim no problema e deixar a pele mais lisinha é através da carboxiterapia. Trata-se de um tratamento feito com através da injeção de dióxido de carbono (CO2), nas áreas em que foram acometidas por estrias. “A técnica é realizada com o emprego de um aparelho acoplado a um cilindro de gás carbônico medicinal”, descreve a fisioterapeuta Mariana Moraes (Crefito: 145646 F), do Zahra Spa & Estética.

De acordo com a especialista, o equipamento é responsável pelo controle da vazão do gás para uma agulha de calibre muito fino. Diante disso, quando a agulha é implantada entre a pele e a gordura ela causa uma melhora da circulação celular e da oxigenação dos tecidos. “Esse gás tem um efeito vasodilatador, por isso ele facilita os fluidos entre as células devido ao aumento da circulação sanguínea na região”, esclarece.

Durante a realização da carboxiterapia a paciente pode ter uma leve ardência por alguns minutinhos. “Esse tratamento, ajuda a reduzir as estrias, celulite, aumenta a elasticidade da cútis, estimula o colágeno e ainda promove um rejuvenescimento corporal”, explica Mariana. Para resultados mais eficientes, o ideal é realizar entre 10 a 20 sessões.

A frequência para realização dos tratamentos deve ser de uma ou duas vezes por semana para que o organismo metabolize o gás. “Os resutados são perceptíveis a partir da terceira semana de sessão. Mas, ressalto que o tratamento não é recomendado para gestantes ou para pessoas com doenças crônicas”, conclui Moraes.

 

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *