fbpx
Friday, July 3, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Se os cientistas podem fazer com que o Doritos seja viciante, por que não fazem o mesmo com a couve?

Vejamos os números: – As vendas de couve nos EUA totalizaram 277 milhões de dólares, em 2013; – As vendas…

By Redação , in News & Trends Tecnologia e Ciência , at 28/07/2014 Tags:,

Vejamos os números:

– As vendas de couve nos EUA totalizaram 277 milhões de dólares, em 2013;

– As vendas de salgadinhos de milho produziram 4,2 bilhões de dólares, também em 2013.

Fonte: estimativas baseadas em dados do Departamento de Agricultura dos EUA, Information Resources Inc.

couve

Nos restaurantes elegantes da Califórnia, a couve substituiu a alface comum na salada Caesar clássica. Em algumas partes de Nova York, smoothies couve são mais comuns do que bagels, enquanto que nos supermercados Whole Foods em todo o país, salgadinhos de couve se infiltraram nos corredores de snacks.

No ano passado – 2013 – os norte-americanos gastaram 15 vezes mais em salgadinhos de milho que nos de couve. Dos 4,2 bilhões de dólares gastos em salgadinhos de milho, somente a metade representa a venda de Doritos, cerca de 43 por cento do total, de acordo com a Information Resources Inc., uma empresa de pesquisa de mercado com sede em Chicago.

Se a couve fresca e os Doritos competissem de igual para igual, o preço por quilo seria o mesmo. Um quilo de folhas verdes de um super vegetal tem um ponto comparável aos salgadinhos de milho mais vendidos: custa, em média, 6 dólares.

Em relação à saúde, não há comparação. Com pouco esforço, a couve fresca pode ser cortada em uma salada, preparada em uma frigideira ou mesmo cozida. A couve contém fibras e vitaminas que os especialistas acreditam ser altamente benéficas. Um salgadinho de milho simples, por outro lado, é feito principalmente de farinha de milho processada, óleo vegetal e sal.

Os Doritos têm diversos ingredientes adicionais, incluindo MSG, xarope de milho e corante artificial. Mesmo com um grau de ciência, é difícil entender os efeitos de todas essas adições.

De acordo com o Departamento de Agricultura, os consumidores norte-americanos comem apenas 0,4 quilos de couve por ano. Isso equivale apenas a três saladas de couve.

A febre norte-americana do junk food é uma das razões pelas quais 70 por cento dos adultos estão um pouco acima do peso ou obesos.

Se a ciência pode nos oferecer um salgadinho de milho quase irresistível, talvez um dia nós possamos convencer aquelas mentes brilhantes a prestarem alguma atenção na couve.

© 2014, Newsweek.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *