fbpx
Thursday, November 26, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Startup lança alternativa virtual aos planos de saúde. Saiba como funciona

Zap Saúde criou modelo inovador que torna serviços médicos entre 50% e 70% mais baratos para os pacientes. Uma alternativa…

By Redação , in Brasil Tecnologia e Ciência , at 04/06/2014 Tags:

Zap Saúde criou modelo inovador que torna serviços médicos entre 50% e 70% mais baratos para os pacientes.

Uma alternativa para os pacientes que não querem ficar a mercê do SUS e nem pagar os altos preços cobrados por Planos de Saúde. Esta é a proposta da Zap Saúde (www.zapsaude.com.br), uma startup que oferece agendamento on-line de consultas e exames com valores acessíveis. Lançada em agosto de 2013, a Zap já tem mais de sete mil usuários cadastrados.

plano de saúde zap

Para utilizar a Zap, os pacientes se cadastram no site e buscam o tipo de atendimento ou especialidade que necessitam. O sistema tem mais de mil profissionais e prestadores de serviços disponíveis em 43 cidades, em áreas como cardiologia, odontologia, oftalmologia, acupuntura, entre outras. Em seguida, basta escolher a data e horário e fazer o pagamento pelo próprio site. Não há mensalidade e os usuários podem utilizar a plataforma 24 horas por dia.

Com a Zap, os usuários economizam em média 50% em atendimentos médicos e 70% em exames – as consultas custam a partir de R$ 40. “Levamos para a população um serviço de qualidade por um valor acessível”, afirma Janaina Carneiro, gerente de marketing da Zap. Por outro lado, a empresa é um bom complemento para quem tem um plano de saúde restrito à internação, por exemplo. Neste caso, a plataforma pode ser usada apenas para exames e check-ups de rotina.

Os médicos também têm vantagens. Além de eliminar os intermediários, o valor que recebem na plataforma é estabelecido por eles próprios e supera àqueles repassados pelos planos de saúde tradicionais. Outra vantagem é a diminuição da taxa de no show, já que a Zap manda lembretes para os pacientes por SMS e e-mail antes das consultas. Caso desista do agendamento, o usuário pode pedir reembolso e liberar a agenda do profissional.

A Zap ganha com uma pequena taxa de serviço paga pelos clientes – em geral, 10% do valor cobrado pelos médicos e laboratórios. “É um modelo democrático que pode ter um grande impacto social no Brasil”, diz Janaina. Com grande penetração no Rio Grande do Sul, o plano da startup agora é expandir para outras regiões do Brasil. A meta é estar presente em todos os estados do Sul e Sudeste e ter 150 mil usuários cadastrados até o fim do ano.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *