fbpx
Friday, June 5, 2020
-Smart Writers & Smart Content & Smart Readers-


Um ano depois, Arturo Vidal dá uma de Luis Suarez e corre o risco de atrapalhar a vida da seleção chilena

Um ano depois, Arturo Vidal dá uma de Luis Suarez e corre o risco de atrapalhar a vida da seleção…

By Redação , in Coluna , at 17/06/2015

allan

Um ano depois, Arturo Vidal dá uma de Luis Suarez e corre o risco de atrapalhar a vida da seleção chilena

A Copa América de 2015 foi aguardada com grande expectativa pelos chilenos e principalmente pelo elenco que defende as cores do país anfitrião do torneio. A expectativa de todos é por um título dentro de casa, o atual time é um dos melhores das ultimas décadas e tem grande possibilidade de brigar pelo título.

Porém Vidal, um dos principais jogadores do selecionado chileno, fez na noite de ontem uma verdadeira presepada. Liberado pelo treinador Sampaoli para curtirem um dia de folga com a família, o jogador da Juventus decidiu ir passear com a sua esposa. Na volta do passeio, o candidato a craque da Copa América sofreu um forte acidente com sua Ferrari acima dos 150km/h. No chile a tolerância é zero para quem bebe e dirige, por isso logo após o acidente, Vidal passou por um teste do bafômetro e o resultado acusou que o mesmo tomou umas e outras antes de pegar no volante.

Coincidentemente, no ano passado nesta mesma época, a expectativa pelo Uruguai fazer uma grande Copa do Mundo foi jogada no lixo pelo seu principal jogador. Na época da Copa do Mundo no Brasil, Luis Suarez deu uma bela mordida no zagueiro italiano Chiellini. A exclusão de Luis Suarez da competição tirou qualquer chance da celeste chegar longe no principal torneio do futebol. Ontem foi a vez de Vidal pisar na bola com o país dele. Em uma atitude totalmente reprovável, que por sorte não tirou o atleta da Copa América, nem pelas mãos da justiça, nem pelas mãos de seu treinador.

Psicologicamente Vidal não estará na melhor formar depois deste acidente, dificilmente alcançará as atuações do começo da Copa América. Como exemplo, Vidal mostrou como não se deve portar um atleta em plena competição. Faltou profissionalismo para o chileno, que agora prejudicou sua equipe para o restante do torneio com esta polêmica.

A paixão pelo futebol e a grande expectativa pelo titulo aliviou a punição de Vidal, que “só” terá a carteira de habilitação retida. O julgamento continuará pelos próximos 120 dias, o treinador chileno disse que não cogita a possibilidade de cortar o atleta da competição, não quer jogar fora a chance do titulo.

O futebol deveria servir como exemplo positivo em todo mundo, porém infelizmente a fama e a paixão pelo futebol, dá aos atletas o direito a ter um tratamento diferenciado aos demais. Impunidade e maus exemplos já não cabe mais na sociedade.

__________________________________________________________________________________________________________
Allan Moran. Pós graduado em gestão e marketing em entidades esportivas. Complementou o mesmo curso na Universidad Europea de Madrid e é sócio da Trivela Sports. ©2014.

Comments


Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *