Connect with us

geral

Telemarketing no Interior

Published

on

– (pigarro) A-lô.

    – Oi, seu Túlio, bom dia.

    – Bom dia, quem fala?

    – Sou representante da NeoSon, sua empresa de telecomunicações. O motivo do meu contato é oferecer ao senhor, cliente nosso há tantos anos, um plano mais vantajoso de banda larga e TV por assinatura: 100 gigas a mais de internet, mais 2 canais de filmes e 3 de esportes, por apenas 118 reais e 60 mensais – menos do que você paga hoje.

    – Mas quem é que tá falando?

    – É a Telma, filha do Tião da Farmácia.

    – Ô, Telminha, como vai? A família?

    – Todos bem, seu Túlio. Levando, né?

    – E tem outro jeito? Como é que é esse negócio que você falou aí, mesmo?

    – É um novo plano de internet que estamos oferecendo para o senhor, mais vantajoso.

    – Ô, Telma, eu to feliz com o meu.

    – Eu sei, seu Túlio. Mas, fazendo um upgrade, o senhor vai ter mais internet, pagando menos.

    – Olha.

    – E ainda ganha um ponto de TV a mais, além da sala, que pode ser no seu quarto, no das crianças ou até na cozinha.

    – TV na cozinha? Pra que que eu ia querer uma TV na cozinha?

    – No seu quarto, então.

    – Ah, não. Imagina eu, a Neusa e mais o Willian Bonner e a Fátima Bernardes no quarto… gente demais, muita promiscuidade. Além do quê, apenas uma, na sala, é um jeito de juntar a família pra ver o futebol, o Fantástico domingo de noite…

    – Entendo, e tomar aquele chocolate quente que só dona Neusa sabe fazer, né?

    – Então.

    – Falar nisso, ela melhorou da tosse, seu Túlio?

    – Não tem jeito: o tempo vira, ela fica assim.

    – Olha, minha mãe aprendeu com a vó uma receita de noz moscada, hortelã e alho macerado que é uma maravilha.

    – É bão?

    – Pá-pum. Se o senhor quiser, eu posso pedir pra ela escrever e deixo na sua casa quando sair daqui.

    – Não precisa, vai dar trabalho. Amanhã ela vai estar joia.

    – Fala pra ela ficar inteira logo, que a gente tá contando com ela na barraca do cural da Quermesse, hein?

    – Digo sim. E o Murilo, vai bem?

    – Bem. Hoje ele viajou: foi pra Valinhos fazer uns negócios lá. Bate-volta.

    – Mas esse homem não para.

    – Nunca vi, seu Túlio. Não sossega um minuto.

    – Esse plano lá que você falou aí, como é mesmo?

    – Ah, depois eu passo na sua casa e explico direitinho.

    – Se você diz que é bom, é bom. Vem sim, eu falo pra Neusinha deixar de jeito um chocolate quente com biscoitos pra te esperar.

    – Obrigado, seu Túlio. Beijos em todos. A NeoSon agradece sua atenção etc.

.

Continue Reading
Advertisement
Advertisement

Copyright © 2023 The São Paulo Times