Universidade americana investe no Brasil e transforma algumas capitais em Hollywood

Published

on

Foto: Reprodução

O Brasil registra aumento de  vagas  no setor de criação de  games,  computação gráfica e  efeitos  especiais.

A demanda está  provocando a  procura de curso de  games e  design, mas ainda não  atende a  demanda, sem falar que o mercado da industria cinematográfica tem usado profissionais para sonorização, efeitos especiais, 3D. Segundo a  consultorial  IDC,  até  dezembro,  117 mil  vagas  ficarão  disponiveis  por fata  de mão de  obra  especializada

Para atender essa demanda a maior universidade americana de entretenimento digital Full Sail University, em parceria com a Red Zero, investiu nas primeiras  escolas  do setor de games e cinematográfico no DISTRITO FEDERAL, SÃO PAULO, RIO DE JANEIRO E MINAS GERIAS. Juntas elas vão abastecer o mercado o setor de games e cinematográfico (somente em 2014 foram produzidos 111 filmes nacionais).

A escola americana se destaca na área de computação gráfica, animação 3D e pelos ex alunos premiados com a estatueta do Oscar, entre eles, Garry Rizzo vencedor do Oscar por melhor edição de audio do filme a Origem (com Di Caprio) e Sebastian Krys, vencedor de 13 Grammys latinos. Em fevereiro, 27 graduados concorreram a premiação do Oscar 2015.

Agora os americanos acreditam que nos próximos anos terão vários brasileiros estrelando em criação e computação gráfica de games com sucesso mundial, como Mario, Pokemon, Street Figther… ou um Spilberg brasileiro na industria cinematográfica. Para isso, iniciarão nos proximos dias uma campanha adote um aluno, como responsabilidade social

Advertisement

A direção da escola acredita que em poucos anos o brasileiro deixará de ser apenas o 4* maior consumidor mundial de games para transformar em exportar grandes profissionais do setor de games e cinematográfico

Os cursos são destinados para crianças, teens e adultos.

Trending

Sair da versão mobile