USP promove ciclo de cinema e teatro mexicano

Published

on

Com atividades na Tenda Cultural Ortega y Gasset, Cinusp e SP Escola de Teatro, programação reflete sobre os limiares entre as artes cênicas e o cinema

No mês de maio, o cinema e o teatro mexicano são os principais objetos de estudo da USP. Trata-se do ciclo de cinema e teatro mexicano promovido pela XIII Sessão da Cátedra Ingmar Bergman em Cinema e Teatro da Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM) que acontece de 5 a 18 de maio e que engloba uma mostra de cinema no Cinusp e Centro Universitário Maria Antônia, leituras dramáticas na SP Escola de Teatro e mesas de debate na Tenda Cultural Ortega y Gasset.

Realizado em parceria com a Cátedra Ingmar Bergman da UNAM, o projeto visa estreitar as relações culturais entre esta instituição de ensino e a USP, bem como trazer à tona a discussão acerca da cultura mexicana em suas diversas vertentes e seus processos de desenvolvimento dentro dos ambientes universitários mediante seus contextos políticos.

Com grandes destaques do cinema mexicano em sua programação, a Sessão inclui uma mostra Tesouros do Cinema Mexicano em Quatro Tempos no Cinusp com quatro módulos distintos: “Clássicos do Cinema Mexicano”, “Documentários Contemporâneos”, “Ficções Contemporâneas” e “Tesouros em Curta-Metragem” — boa parte dos filmes vindos da cinemateca da UNAM e inéditos no Brasil.

A programação da mostra conta com títulos como Los Olvidados, de Luis Buñuel, Salón México, de Emílio Fernández, Redes, de Paul Strand, Güeros, de Alonso Ruiz Palacios e Los Insólitos Peces Gato, de Clauda Sainte-Luce, bem como documentários e curta-metragens.

Ainda como parte da Sessão, o Programa Tusp de Leituras Públicas leva as leituras dramáticas acerca do teatro mexicano contemporâneo para a SP Escola de Teatro em encontros abertos com mediação da equipe artística e dramaturgia de diversos autores. Já tendo realizado um ciclo de leituras públicas do teatro brasileiro na UNAM em 2013, esta programação reforça os laços culturais entre as duas universidades.

Já a Tenda Cultural Ortega y Gasset dará espaço as atividades reflexivas da Sessão da Cátedra, com mesas de debate, conferências e bate-papos voltados para a educação cênica, a presença do cinema e do teatro nas universidades e a institucionalização do ensino cultural. É a primeira vez que a Sessão da Cátedra é realizada fora do território mexicano.

SERVIÇO:

MOSTRA CINEMA MEXICANO EM QUATRO TEMPOS – De 5 a 18 de maio. Cinusp: De segunda à sexta-feira, com sessões às 16h e às 19h. Centro Universitário Maria Antônia: De sexta à domingo, com sessões às 20h às sextas e às 18h e 20h aos sábados e domingos. Gratuito.

PROGRAMA TUSP DE LEITURAS PÚBLICAS – De 6 a 9 de maio, às 19h30. DF Bipolar, dia 6 de maio, às 19h30. Lascuráin ou A Brevidade do Poder, dia 7 de maio às 19h30. Maracanazo, dia 8 de maio, às 19h30. Auto Retrato em Sépia e Um Lar Sólido, dia 9 de maio, às 19h30. Gratuito.

SESSÃO DA CÁTEDRA INGMAR BERGMAN EM CINEMA E TEATRO – De 5 a 9 de maio. Mesa de Abertura: 5 de maio, quarta-feira às 19h. Espetáculo La Banda Del Automóvel Gris: 5 e 6 de maio, segunda e terça-feira às 20h. Conferências Magistrais Educação Cênica e Direitos Culturais em Tempos de Violência Social: 7 de maio, quarta-feira, às 20h. Teatralidade da Violência – Necroteatro: 8 de maio, quinta-feira, às 20h. Mesas de ReflexãoA Presença do Cinema e do Teatro Nas Universidades e Criação de Públicos: 6 de maio, segunda-feira, às 15h. Escolas de Teatro, Visão e Futuro na Educação Teatral: 7 de maio, terça-feira, às 15h. Escolas de Cinema, Visão e Futuro: 8 de maio, quarta-feira, às 15h. Panoramas do Documentário no México e no Brasil: 9 de maio, quinta-feira, às 15h. Gratuito.

Trending

Sair da versão mobile