Você sabia? 31 de outubro é o Dia Mundial da Poupança

Published

on

Foto: Reprodução

Embora nem todos saibam, no dia 31 de outubro é celebrado o Dia Mundial da Poupança. E parece que a data foi escolhida “a dedo”, pois é justamente nessa época do ano em que somos bombardeados por inúmeros convites que incentivam o consumo. Comerciais de televisão, banners na internet e propagandas nas ruas exalam a necessidade da aquisição de determinado produto. E é aí que o consumidor deve estar atento, pois no começo do ano seguinte os gastos inadiáveis como IPVA, IPTU e matrícula escolar dos filhos começarão a aparecer.

Organizar as finanças e controlar o impulso na hora das compras de Natal são dois passos essenciais para quem deseja entrar em 2015 livre das dívidas e sem que o cartão de crédito esteja sobrecarregado. Fazer questionamentos do tipo “Eu realmente preciso desse produto?”, “Isso é imprescindível neste momento?” e “Quanto tempo posso ficar sem essa mercadoria?” já é um exercício que ajuda na definição das prioridades.

Além de economizar com as compras de fim de ano, é importante planejar o orçamento para conseguir ter uma poupança satisfatória. Ainda é pequeno o número de brasileiros que possuem algum tipo de poupança ou formas de investimento de longo prazo. A baixa taxa de rendimento e os baixos salários são sempre citados como os maiores empecilhos por quem não consegue poupar, mas também há fatores comportamentais envolvidos nessa questão. Sendo assim, é fundamental que a forma de pensar seja mudada para que a poupança possa ser vista como algo que pode transformar-se na semente de um grande investimento, o que, dependendo do seu empenho e administração, pode resultar em lucro e sucesso.

Saber investir também é um fator importante, pois, se feito da maneira correta, o dinheiro pode crescer de forma inesperada. As correções, taxas de juros e ganhos de capital mostrarão mais tarde o quanto vale a pena se esforçar para poupar e abrir mão de alguns gastos nos dias de hoje. Faça cálculos, anote detalhadamente todas as despesas e veja quanto a soma de todas as suas parcelas pode comprometer seu orçamento. Desta forma, será possível dimensionar as dívidas e evitar que contas inesperadas vençam sem que possa pagá-las, acarretando juros, multas e outras complicações. Aproveite o Dia Mundial da Poupança para refletir a respeito e, quem sabe, dar o primeiro passo para um novo e rentável planejamento financeiro.

Por Dora Ramos

Advertisement

Trending

Sair da versão mobile