Você

Published

on

Você

Olho para a mesa e ali está você.

Apoio o braço do lado direito da cama e você também está.

Divido o espaço do sofá contigo, converso horas com você dentro do carro e correr nas manhãs frias ficou melhor ao seu lado. Fazer mercado ficou mais leve, voar de avião já não é tão assustador e até fazer o imposto de renda – embora eu ainda não me renda – já é quase divertido.

Quando tenho um dia difícil, é você quem me abraça. Quando ele é incrível, celebro contigo. E mesmo quando nada acontece, o simples fato de te encontrar já é um evento – e eu voo pra casa feito o próprio vento.

Advertisement

Não sei o seu nome. Nunca vi o seu rosto. Nem sequer nos conhecemos e eu já te quero dentro do bolso. Porque sei que, seja lá quem for, já você está aqui comigo. E embora sozinho, já tenho um amor.

__________________________________________________________________________________________________________
Henrique Rojas – mas pode chamar só de “Rôrras” – é redator, palmeirense, paulistano e um observador nato de pessoas. ©2014.

Trending

Sair da versão mobile